CONHEÇA NOSSA LOJA!

[vc_row][vc_column width=”2/3″][vc_column_text]Hoje, dia 30, a orla de Atalaia certamente terá freqüentadores diferentes. Jovens com cabelos longos, roupas pretas e prontos para bater cabeça em frente ao palco montado nas areias. O Projeto Verão se prepara para abrigar bandas de Heavy Metal, Trash Metal, e outros tipos de Metals que tanto influenciam comportamentos e gostos de adolescentes atualmente.

A banda convidada a abrir o evento hoje foi a Karne Krua. O grupo começou como uma banda de punk rock aqui em Aracaju. O som era marcado pela atitude com os vocais de Sílvio, que já influenciam muitas bandas de hardcore que surgem pela cidade.

Logo após o show é da Warlord. Heavy metal de primeira, a banda junta fãs pelo Brasil, e é reconhecida como um expoente musical dos sergipanos. Guitarras com timbres e escalas medievais e uma agressividade que concorda com a melodia, o estilo musical tem fama de virtuosidade musical. Diversos músicos brasileiros de primeira qualidade declaram seus amores pelo Heavy Metal.

Outra banda bastante enérgica é a Tchandala, a terceira da noite. Tchandala é o nome da casta mais baixa da sociedade dos Hindus, na Índia.

A atração de fora hoje será a banda Andralls, de São Paulo. O gênero musical atribuído ao grupo é o velho Trash Metal da década de 1980. Com influências declaradas da banda mineira Sepultura, e da norte americanas Anthrax, da Exodus e de uma das mais agressivas do gênero, a Slayer.

Fechando a noite a revelação do Festival punka, o grupo Maua liderado pelo baterista e percussionista suíço Thomas Stalder. O grupo vai tocar para o público amante do New Metal.
O evento começa às 20 horas na arena montada próxima à passarela do caranguejo.[/vc_column_text][/vc_column] [vc_column width=”1/3″][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Comentários desabilitados