CONHEÇA NOSSA LOJA!
Taieiras de Lagarto homenageiam Marcelo Déda no Museu da Gente Sergipana

No dia em que o ex-governador Marcelo Déda completaria 55 anos diversas manifestações de carinho surgem como forma de homenageá-lo. E o Museu da Gente Sergipana está sendo palco para várias dessas homenagens. Além da abertura da exposição #DédaPresente, que acontecerá às 19h, uma visita especial chegou no Museu da Gente. Os integrantes do grupo Taieiras de Lagarto adentraram o museu e expressaram sua gratidão e carinho nesse espaço sonhado por Marcelo Déda. Foi com dança, música e sorrisos que aconteceu a homenagem àquele que, dentre tantos feitos, incentivou as manifestações culturais sergipanas.

A visita do grupo ao Museu da Gente culminou com uma apresentação no átrio, que reuniu outros visitantes presentes no Museu. A líder do grupo, Dina Ferreira, historiadora popular, explicou o motivo da homenagem. “Déda sempre se preocupou em ajudar os artistas da terra, aqueles que fazem o folclore em Sergipe. Ele sempre procurou fazer esse resgate e preservar o nosso patrimônio histórico e cultural, como a gente vê aqui nesse museu que dá orgulho. É por isso que ele merece a nossa homenagem. E nesse momento a gente também homenageia Eliane Aquino, uma mulher que é digna de representar Marcelo Déda”.

Eliane Aquino presenciou a homenagem à Déda com muita emoção. “É incrível a energia que essas manifestações de carinho passam pra gente e o quanto elas revelam a luz de Marcelo Déda. Além das homenagens, o mais emocionante é ver que as pessoas têm o que contar sobre Marcelo, sobre o que ele representa para cada uma dessas pessoas e isso ficará pra sempre, não se apagará”.

Para o diretor de Programas e Projetos do Instituto Banese, Marcelo Rangel, a homenagem ao ex-governador no Museu da Gente Sergipana mostra o quanto esse espaço exprime o cuidado que Déda dedicou à cultura sergipana. “Essa é a casa da cultura popular, um lugar onde os grupos podem entrar e manifestar a sua arte. E perceber que a finalidade dessa apresentação de hoje foi homenagear Marcelo Déda é muito emocionante, pois reafirma e consolida o que ele sonhou para esse museu”.

Fotos: NUCOM Instituto Banese

Fotos: NUCOM Instituto Banese

Fonte: Museu da Gente Sergipana

Comentários desabilitados