CONHEÇA NOSSA LOJA!
Projeto de música e poesia do Instituto Banese é realizado com sucesso

[vc_row][vc_column width=”2/3″][vc_column_text]

Foi um sucesso a noite de estreia do projeto ‘Música & Poesia da Gente’, lançado no último dia 24, pelo Instituto Banese. O evento lotou o auditório do Museu da Gente Sergipana, em Aracaju. No palco, a poesia ficou por conta da interpretação de Diane Veloso, que abriu a noite apresentando poemas de importantes nomes da literatura sergipana, como Maria Lúcia Dal Farra, Ilma Fontes, Iara Vieira e Ronaldson, entre outros.

Durante o encontro, que reuniu um público bastante diversificado, Diane Veloso destacou que a arte sergipana está vivendo um momento especial, qualitativamente e quantitativamente, e que o Instituto Banese e o Museu da Gente Sergipana, ao se integrarem a este movimento, só fortalecem a nossa cultura. “A poesia é uma linguagem que precisa ganhar mais espaço e este projeto possibilita sua popularização”, ressaltou Diane.

Após a apresentação de Diane, deu-se início à segunda parte da programação, com os músicos Antônio Felix e Carlos Navas. Antonio Felix cantou músicas do seu primeiro álbum, Nouvelle Maison, tais como “É Só Mais Uma Noite”, “Meu Amor Não”, “Pão e Vinho”, “Cordão de Ouro” e “Em silêncio”, entre outras, e também manifestou contentamento com a proposta do projeto. “Não só porque sou músico, mas porque é um projeto que além de valorizar dá visibilidade ao artista local e proporciona um intercambio com outros artistas”, enfatizou.

O cantor Carlos Navas encerrou os shows musicais fazendo uma retrospectiva dos seus 17 anos de carreira, incluindo canções representativas de sua discografia, como “Ícaro” (Fred Martins/Marcelo Diniz), “Que tal o Impossível?” (Itamar Assumpção), “Quem Sabe” (Alzira Espíndola/ Arruda), as releituras de “Voo de Coração” (Ritchie/Bernardo Vilhena), “Jura” (Sinhô) e “Velho Realejo” (Custódio Mesquita/ Sadi Cabral), sem deixar de lado sucessos de seus dois álbuns infantis dedicados às obras de Vinicius de Moraes e Chico Buarque.

Navas também lançou seu primeiro DVD, registro de sua participação no Programa “Ensaio” da TV Cultura, com direção do sergipano Fernando Faro, levado ao ar em novembro de 2012. “Agradeço ao Instituto Banese e aos amigos aracajuanos pelos esforços para a realização desse show. Foi um dos mais belos que fiz nestes 17 anos de batalha, tivemos ótimo espaço na imprensa e a acolhida do público foi muito calorosa. Torço para que este lindo projeto continue”, declarou.

Na platéia da primeira edição do ‘Música & Poesia’, entre os grupos mais animados com os espetáculos, estava o estudante alagoano Alexandro Tenório. Ele considerou que o projeto foi uma bela iniciativa para que as pessoas conheçam novos talentos. “Apesar de não conhecer os artistas, fiquei encantado com as músicas apresentadas, com o desempenho da Diane, com as poesias, acho que foi maravilhoso e significativo para todos” declarou Alexandro, enquanto a estudante Daniele Góis, acrescentou: “Sergipe precisa de mais eventos como esse”.

A cantora Patricia Polayne também aprovou o projeto. “O Museu da Gente Sergipana é um local para o futuro, o Instituto Banese tem essa visão de que as artes são integradas e esse projeto vem coroar isso. Vejo-me muito dentro disso aqui, as apresentações feitas dentro do auditório trazem uma ideia de teatro, a poesia prende a atenção das pessoas, é um projeto muito bacana, muito bonito, fiquei muito feliz e surpresa. Sergipe só tem a ganhar com o projeto”, declarou.

“Música & Poesia da Gente” é uma realização do Instituto Banese, com promoção do Museu da Gente Sergipana e que conta com o patrocínio do Jornal Cinform e do Serviço Social do Comércio (Sesc-Se), além do apoio cultural da Fundação Aperipê, Café da Gente e Hotel Real Classic.

[/vc_column_text][/vc_column] [vc_column width=”1/3″][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Comentários desabilitados