CONHEÇA NOSSA LOJA!
Prefeitura de Aracaju investe na política de software livre

[vc_row][vc_column width=”2/3″][vc_column_text]A Prefeitura de Aracaju está cada vez mais engajada na produção de programas que atendam ao chamado software livre, uma tendência mundial na produção de softwares. O administrador da Rima – Rede Integrada do Município de Aracaju -, Hugo Cisneiros, profissional que integra a equipe de Tecnologia da Semad – Secretaria Municipal de Administração -, criou o programa PHP Squid Pass, já difundido através da internet na modalidade de licença para o software livre: a GLP – General Public License, que permite a utilização gratuita dos programas de computador.
Em duas semanas, o programa foi disponibilizado mais de 200 vezes, através de downloads e o administrador já recebeu várias contribuições para aperfeiçoamento do sistema e até uma tradução para o espanhol. “Eu sabia que a solução poderia ser útil não somente para a prefeitura de Aracaju, mas para outras instituições pelo mundo”, explica Hugo. “Eu me sinto muito realizado em poder ajudar outras pessoas”, conclui.
A linguagem utilizada pelo administrador para criar o sistema surgiu de uma linguagem (PHP), que também é licença de software livre. “Eu obtive ajuda e ajudei outros. Isso que é o legal da software livre, sem contar com a economia que iniciativas como esta podem acarretar ao serviço público, já que não temos que comprar os direitos para utilizar as soluções em GPL”. O software livre ou programa com códigos abertos é aquele cuja licença de propriedade industrial ou intelectual impede restrições à sua cessão, distribuição, utilização ou alteração das suas características originais.
Para o secretário de Administração, José de Oliveira Júnior, investir na política de software livre contribui para a valorização dos profissionais dessa área. “Acredito que a inclusão do software livre no serviço público, além de outros benefícios, pode acarretar um maior desenvolvimento desses profissionais em Aracaju e é com saber que a Prefeitura encontra hoje o respaldo para desenvolver ações dessa natureza a partir de uma lei municipal que incentiva essa utilização porque é tecnicamente melhor e economicamente mais viável”.[/vc_column_text][/vc_column] [vc_column width=”1/3″][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Comentários desabilitados