CONHEÇA NOSSA LOJA!

[vc_row][vc_column width=”2/3″][vc_column_text]

Um dos maiores portais de notícias do Brasil, o G1, realizou no início deste mês uma ampla avaliação sobre a divulgação de dados sobre receitas e despesas públicas conforme a Lei Complementar nº 131/2009 e classificou o site do Estado de Sergipe como o quinto melhor entre os demais, ressaltando como principais características a fácil navegação e a informação de gastos disponíveis em tabelas de fácil visualização.

A avaliação levou em conta a disponibilidade de informações sobre receitas e despesas governamentais, a facilidade com que estas informações estão ofertadas, a estrutura de acessibilidade, formato em que se encontram (se estas informações são entregues de forma favorável à inspeção e à facilidade de compreender e distinguir os dados entregues), existência de filtros diversos para busca e existência de gráficos e estatísticas para rápida compreensão das receitas e gastos.

Através destes parâmetros, aos sites foram atribuídas pontuações de zero a 10, estabelecendo no somatório das notas o ranking para os Estados. No caso de Sergipe, a estrutura oferecida pelo Portal Transparência Sergipe somou 30 pontos, obtendo o quinto melhor desempenho entre os 27 estados e o Distrito Federal, superando estados como Santa Catarina e Rio de Janeiro, que tiveram uma avaliação abaixo de 20 pontos.

As principais características encontradas no Transparência Sergipe pela empresa de consultoria e de desenvolvimento de sites contratada pelo G1 sãoa fácil navegação e a informação de gastos disponíveis em tabelas de fácil visualização, com a existência de uma filtragem e buscas razoáveis dos dados. O relatório também apontou que os dados de receita oferecidos datam de 2004, todos disponibilizados como arquivos PDF com alguns gráficos de análise.

Solicitado pelo Portal G1 para opinar sobre o site de Sergipe, o secretário de Estado da Fazenda, João Andrade Vieira da Silva, informou que a versão atual está em processo de evolução, num trabalho liderado pela Corregedoria Geral do Estado. “A intenção é deixar o maior número de informações disponíveis e provavelmente ainda este ano será lançada uma nova versão com mais detalhes e mais recursos. A orientação do governo é deixar os dados de execução orçamentária, principalmente os de despesa, o mais transparente possível”.

 

Confira o resultado geral da avaliação realizada pelo portal G1 dos sites de transparência:

 

Estado

Pontuação

Colocação

Minas Gerais

38

1

Maranhão

37

2

Rio Grande do Sul

37

2

São Paulo

37

2

Alagoas

36

3

Bahia

36

3

Amazonas

31

4

Sergipe

30

5

Acre

29

6

Espírito Santo

28

7

Pará

28

7

Paraná

28

7

Pernambuco

26

8

Rio Grande do Norte

26

8

Paraíba

24

9

Distrito Federal

22

10

Goiás

22

10

Mato Grosso

22

10

Ceará

19

11

Santa Catarina

18

12

Tocantins

16

13

Piauí

14

14

Roraima

14

14

Mato Grosso do Sul

13

15

Rio de Janeiro

13

15

Rondônia

10

16

Amapá

9

17

 

 

[/vc_column_text][/vc_column] [vc_column width=”1/3″][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Comentários desabilitados