CONHEÇA NOSSA LOJA!
Oficina estimula municípios na busca ativa para o Brasil Sem Miséria

[vc_row][vc_column width=”2/3″][vc_column_text]

Acontece nesta segunda-feira, 21, a oficina ‘Busca Ativa para o Plano Brasil sem Miséria’, promovida pela Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides), por meio de orientação do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). O evento acontece para prefeitos, secretários municipais de assistência social, e gerentes das proteções sociais básicas e especiais até as 17h30 no Centro de Convenções de Sergipe, em Aracaju.

O evento esclarece as estratégias da denominada ‘busca ativa’, que visa localizar, cadastrar e incluir nos programas sociais os brasileiros que vivem em situação de extrema pobreza, mas ainda não têm acesso a serviços e benefícios a que têm direito.
 
A secretária de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social, Eliane Aquino, destacou o trabalho desenvolvido pelos governos para erradicar a miséria. “A Seides está alinhada às orientações do MDS. Estamos buscando sempre um Brasil e um Sergipe melhores e, apesar de sabermos que nosso estado tem alguns dos melhores índices sociais do Nordeste, não podemos nos dar por satisfeitos. Queremos sempre melhorar, e principalmente, lutar para retirar as 311 mil pessoas que, segundo o IBGE, ainda estão abaixo da linha da pobreza”, declarou.

A oficina conta com palestras e exposições de representantes do MDS, da Secretaria Extraordinária de Erradicação da Pobreza Extrema, da Secretaria Nacional de Renda de Cidadania e da Secretaria Nacional de Assistência Social.

O representante da Secretaria Extraordinária de Superação da Extrema Pobreza, do MDS, Januário Rodrigues, ressaltou o objetivo do Plano Brasil Sem Miséria. “Já conheci o Plano Sergipe sem Miséria e percebi que está muito consistente e bem estruturado, principalmente em relação à intersetorialidade com outras secretarias. Dos 16 milhões de brasileiros que ainda estão em extrema pobreza, 59% estão no Nordeste. Por isso é preciso avançar sempre na construção de políticas públicas para esta parcela da população”, disse.

O secretário de Assistência Social de Aracaju, Bosco Rolemberg  representou o prefeito Edvaldo Nogueira no evento e destacou o trabalho realizado pela capital sergipana no combate à miséria. “Com esse esforço coletivo que implantamos no Brasil sem Miséria, trabalhamos para que milhões de brasileiros superem a pobreza. Esse é o desafio mais importante: erradicar a extrema pobreza e consolidar o Sistema Único de Assistência Social de forma efetiva”, afirmou.

A prefeita do município de Laranjeiras, Ione Sobral, também prestigiou a oficina. “Esse é o momento de debatermos um assunto muito importante sobre o combate a pobreza no nosso estado. Discussões como as de hoje demonstram que estamos dispostos a erradicar miséria dos lares sergipanos”.

Temas

Durante o encontro, são explicadas aos participantes as mudanças do Programa Bolsa Família, as ações de Segurança Alimentar e Nutricional, o Cadastro Único como ferramenta do Brasil sem Miséria, o cadastramento diferenciado para grupos populacionais tradicionais e específicos, além de ações do Sistema Único da Assistência Social e ações do Plano Brasil sem Miséria.

Ainda participaram do evento a secretária adjunta da Seides, Maria Luci Silva; Luciano Martins e Deuscreide Gonçalves, do Senarc; Eutália Barbosa, da Secretaria Nacional de Assistência Social; Aída Santana, presidenta do Conselho Estadual de Assistência Social; José Carlos Ferreira Passos, coordenador Estadual do Bolsa Família e Cadastro Único; e Adelvan Macêdo, presidente do Colegiado Estadual de Gestores da Assistência Social.

[/vc_column_text][/vc_column] [vc_column width=”1/3″][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Comentários desabilitados