CONHEÇA NOSSA LOJA!
Lançado oficialmente o Selo de Qualidade da Vigilância Sanitária

[vc_row][vc_column width=”2/3″][vc_column_text]Inaugurar uma nova era na Vigilância Sanitária Municipal. Foi assim que o prefeito de Aracaju, Marcelo Déda, definiu o Selo de Qualidade “A”, lançado na tarde de ontem, dia 29, no auditório da SMS – Secretaria Municipal de Saúde.
O Selo de Qualidade “A” da Vigilância Sanitária é uma marca que registra as boas condições de higiene dos estabelecimentos visitados e freqüentados pela população. A partir de agora, bares, restaurantes, lanchonetes, salões de beleza, farmácias, entre outros estabelecimentos irão receber um certificado que atesta requisitos como boas condições de produção, armazenamento, comercialização de produtos, estrutura física, matéria-prima, bem como as condições de higiene da casa.
Com o auditório lotado, o prefeito revelou que essa iniciativa da SMS é mais uma etapa do aperfeiçoamento das ações da Vigilância Sanitária do município. Para Déda, o Selo de Qualidade oferece a garantia ao cidadão que ao freqüentar determinados estabelecimentos, ele está freqüentando um espaço que mereceu a atenção, a fiscalização rigorosa e atuação permanente da Vigilância Sanitária Municipal.
Segundo o prefeito, o Selo garante a valorização do empresário que se esforça para garantir a higiene, além de servir como meio de “orientação e fortalecimento para as empresas locais”.
Déda encerrou a solenidade de lançamento do Selo afirmando que essa certificação nos estabelecimentos transformará Aracaju numa cidade moderna, e que tem condições de receber e hospedar qualquer visitante, até os mais exigentes.
Inicialmente a certificação do Selo de Qualidade “A” será emitido para os estabelecimentos que tenham interesse, ou seja, o empresário deve comparecer à Vigilância Sanitária Municipal e preencher o requerimento.
Por enquanto, na primeira etapa de certificação do Selo de Qualidade “A”, ele só poderá ser requerido por estabelecimentos comerciais que trabalham com alimentos, como por exemplo: bares, pizzarias, supermercado, panificação, açougue e veículo de transporte de alimentos. Também poderão requerer os que trabalham com produtos, ou seja, farmácia (sem venda de medicamentos controlados pela Portaria SVS/SMS nº 344 de 12/06/98), drogaria, dedetizadora e ótica.
Os serviços de saúde como gabinete odontológico, consultório médico, salão de beleza, academias de ginásticas e similares, lavanderias e clínicas de estética também podem requerer o Selo.
Essa primeira etapa, segundo o secretário municipal de Saúde, Rogério Carvalho, deve atender cerca de 70% dos estabelecimentos. A segunda etapa, que será lançada posteriormente, atenderá os estabelecimentos de média e alta complexidade como os hospitais, laboratórios, centros de hemodiálise, entre outros.
Além do prefeito Marcelo Déda e do secretário Rogério Carvalho, estiveram presentes no lançamento do Selo de Qualidade “A”, o vice-prefeito Edvaldo Nogueira, o presidente da Funcaju, Lealdo Feitosa, os vereadores Antônio Samarone, Magal da Pastoral, Francisco Gualberto, Emanuel Nascimento, Adelson Barreto, Zeca Silva e Nilza Santana. O presidente da ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, em Sergipe, Manoel Lisboa, também compareceu ao evento, assim como diversos servidores da SMS.[/vc_column_text][/vc_column] [vc_column width=”1/3″][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Comentários desabilitados