CONHEÇA NOSSA LOJA!
Birô Cultural é tema de reunião entre Secult e gestores municipais

[vc_row][vc_column width=”2/3″][vc_column_text]

Capacitar os agentes culturais sergipanos é um dos eixos primordiais da política de Cultura de Sergipe. Pensando nisso, a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) realizou na manhã desta quinta-feira, 28, no Centro de Criatividade, uma reunião com representantes das secretarias municipais de cultura, onde foram apresentados os resultados obtidos com o projeto Birô Cultural.

Realizado pela Secult, através do Fundo de Desenvolvimento Cultural e Artístico (Funcart), o projeto teve início em março deste ano  e levou aperfeiçoamento em planejamento e viabilização de projetos culturais a artistas, produtores e gestores de cultura das mais diversas regiões.

Além dos resultados obtidos com o Birô Cultural, a pauta de discussão abordou outros assuntos pertinentes: as metas do projeto, os parceiros que estiveram envolvidos a todo momento com o Birô e a realização de outra rodada de oficinas. Os agentes também foram informados sobre a base para atendimento de agentes culturais – ‘Birô de Apoio a Projetos Culturais’.

Outra temática abordada foi a parceria estabelecida com o Sebrae/SE para a ampliação das oficinas e realização de outras atividades até 2013. Por fim, os agentes puderam discutir acerca dos três editais abertos pela Secult: ‘Intercâmbio e Difusão Cultural’, ‘Festival de Novas Composições de Forró – Alumiar’ e o ‘Edital de Apoio à Formação, Produção e Circulação Cultural Interna’.

Segundo o secretário interino da Cultura, Marcelo Rangel, o objetivo principal da reunião foi fazer com que os agentes culturais se sintam estimulados para participar de editais. “É necessário que essa participação se dê também em editais de Cultura do Estado e não apenas nacionais. Hoje temos um bom número de pessoas aqui presentes e isso só colabora com nosso intuito. Essa segunda etapa do projeto terá continuidade por todo o tempo. Trata-se de uma etapa de sensibilização e apoio à participação”, dialogou o secretário, que ainda disse que a segunda rodada de oficinas está prevista para esse ano.

Na reunião, Rangel demonstrou também a satisfação da gestão da Secult em trazer um parceiro como o Sebrae/SE para o projeto. “Esse apoio é de suma importância, pois valoriza ainda mais o Birô Cultural. Nossos interesses são comuns e Sergipe ganha mais um parceiro para o fomento cultural do Estado”, informou Marcelo.

Para o secretário interino de Cultura de Itaporanga, Bráulio Lima, a reunião teve um resultado positivo, visto que esclareceu alguns pontos acerca dos editais lançados pela Secult e abordou a retomada das oficinas do Birô Cultural. “Fico muito satisfeito em saber que haverá outra etapa de oficinas. Os agentes culturais de Itaporanga com certeza estão muito felizes, já que nosso pólo de oficinas foi realizado em Laranjeiras e como o número de inscritos lá foi grande, uma nova rodada de oficinas poderá incluir os que ficaram de fora”, destacou Bráulio.

Representando o município de Pedrinhas, o professor da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer da cidade, Luís Anselmo Barbosa, frisou que o conhecimento adquirido com o Birô o ajudou na montagem da II Mostra Cultural de Pedrinhas, que será realizada em agosto. “Teremos como tema em nossa mostra o folclore. Toda a pesquisa que realizei para o planejamento do evento foi adquirida com os conhecimentos passados através do Birô Cultural. Ainda não tive a chance de me inscrever em um edital, mas, quem sabe, não faço isso agora já que a Secult está com três editais abertos”, indagou Luís.

Resultados da 1ª etapa

Após dois meses ininterruptos de oficinas, os números são positivos em relação ao projeto, afinal 407 pessoas se inscreveram no Birô cultural e cerca de 200 agentes culturais foram capacitados com o curso. Ao todo, 52 % dos municípios sergipanos foram atingidos, englobando as nove regiões sergipanas: Leste, Médio Sertão, Centro Sul, Agreste, Alto Sertão, Grande Aracaju, Baixo São Francisco e Sul. Além disso, a maioria absoluta dos participantes avaliou como positivas as oficinas.

Base para atendimento

Os interessados em tirar dúvidas acerca da confecção de projetos referentes à cultura, deverão dirigir-se à Base de Atendimento montada no Centro de Criatividade. Denominada ‘Birô de Apoio a Projetos Culturais’, a base conta com um profissional – o professor Edson Junior – que fará os esclarecimentos, também, por email. As visitas presenciais deverão ser feitas através de agendamento no telefone: 3179-2025/1909. O horário de atendimento é das 9h às 12h e das 14 às 17h, nas terças e quintas-feiras. Já o atendimento virtual será feito através do email: birocultural@cultura.se.gov.br.

Sobre o Birô Cultural

O projeto é desenvolvido pela Secult, através do Funcart, e tem como objetivo levar capacitação para agentes culturais na elaboração de projetos para editais de cultura. Outro ponto principal do projeto é a formação e manutenção de uma teia entre os produtores de cultura sergipanos, aumentando a participação destes em editais nacionais de cultura. Para mais informações sobre o Birô Cultural, entre em contato com a coordenação do projeto através do email contato@cultura.se.gov.br ou através dos telefones (79) 3179-1924 e 881-96901.

[/vc_column_text][/vc_column] [vc_column width=”1/3″][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Comentários desabilitados