CONHEÇA NOSSA LOJA!
Artesãs entregam Plano de Apoio ao Artesanato ao Governo do Estado

[vc_row][vc_column width=”2/3″][vc_column_text]

Artesãs de 14 municípios entregaram na manhã de quinta-feira, 29, o Plano de Plano de Apoio para a Produção de Artesanato para Mulher Rural do Território da Cidadania Sertão Ocidental. A entrega do documento aconteceu no Seminário de Assistência Técnica e Extensão Rural para Mulheres Rurais – Perspectiva e Resultados para o Artesanato.

O documento, que prevê a captação de recursos para a aquisição de máquinas, equipamentos e material de consumo, além do apoio na participação em eventos comerciais, foi entregue nas mãos da secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Maria Teles, e da representante da Secretaria de Estado da Inclusão e do Desenvolvimento Social, Neuza Marieiros.
 
O seminário foi aberto pelo presidente da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro), que ressaltou o trabalho desenvolvido pela empresa na execução da chamada pública e o empenho das artesãs em qualificar seus produtos. “Esse trabalho já vem acontecendo há um ano e é fruto de uma construção coletiva entre as mulheres rurais e a Emdagro. Nesse período elas se dedicaram muito a esse projeto participando de seminários, cursos de qualificação e oficinas de qualificação de produtos. Por isso, hoje estou feliz porque estamos encerrando mais uma etapa”, destacou Jefferson Feitosa.
 
Ele acrescentou o compromisso da Emdagro em ajudar as artesãs na comercialização de seus produtos. “Nós estaremos nos esforçando tentar viabilizar que vocês tragam seus artesanatos para serem comercializados em Aracaju”.
 
Na oportunidade, a secretária de Políticas para Mulheres, Maria Teles, fez um balanço destacou o papel da mulher no fortalecimento da agricultura familiar. “Uma coisa que me incomodava muito é de ver como a trabalhadora mulher rural era utilizada como mão-de-obra invisível, não aparecia nas contas, nos benefício, mas ela aparecia para fazer aquele trabalho de construir a agricultura lá no campo, de alimentar a família, de ajudar os maridos na roça. E com essa percepção, realizada com vocês que estão no campo, é que a gente vai conseguir boas mudanças porque através da união da sociedade civil e Governo do Estado as ações no campo só tendem a aumentar”.
 
Representado a secretária de Inclusão Social, Eliane Aquino, que não pode comparecer ao evento por ter viajado ao Rio de Janeiro, Neuza Marieiros destacou que as mulheres são um público prioritário para o Governo. “Hoje o Governo do Estado tem uma secretaria de políticas para mulheres, que está representada pela secretária Maria Teles. Isso representa um grande avanço nas políticas públicas voltadas para elas”, e finalizou acrescentando a parceria da Seides com a Emdagro. “Quanto ao trabalho que vem sendo desenvolvido pela Emdagro, a Secretaria não quer mais nada além do que ser parceira do projeto para dar continuidade junto às mulheres rurais”.
 
Para a artesã Maria Ivone Santos Santana Farias, o plano reflete os anseios das mulheres rurais no desenvolvimento do artesanato. “Hoje eu estou aqui em nome das 160 mulheres que fizeram parte da chamada pública de artesanato para mulheres rurais, para entregar um documento que é o plano de trabalho construído em nossos encontros. Ele tem como objetivo o aumento da renda familiar através de uma política voltada para a valorização do artesanato produzido pelas mulheres”, explicou.

[/vc_column_text][/vc_column] [vc_column width=”1/3″][vc_column_text] [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Comentários desabilitados